segunda-feira, 11 de abril de 2016

BRASIL: VÍDEO MOSTRA A REAÇÃO DE USUÁRIOS DA CRAVOLÂNDIA A COMENTÁRIOS FEITOS CONTRA ELES NA INTERNET - COM VÍDEO


O pessoal do projeto Quebrando o Tabu, um documentário do diretor Fernando Grostein Andrade que tem como objetivo criar um sério debate sobre o problema das drogas no Brasil e no mundo e conta com o apoio de Fernando Henrique Cardoso, Jimmy Carter, e Drauzio Varella, entre outros, foi até a Cracolândia e pediu às pessoas que estavam lá para lerem alguns comentários não muito agradáveis que foram feitos sobre eles nas redes sociais.

O resultado foi documentado num curta de 4 minutos, publicado na última quinta-feira no Facebook.

Muitas vezes, as pessoas acabam fazendo comentários sem pensar que aquilo pode atingir profundamente o próximo, pois se esquecem que todos têm sentimentos e histórias. Até mesmo os usuários de droga.

Infelizmente, muitos têm a percepção de que é através da força, ignorância e violência que tudo se resolverá, mas definitivamente não é através da discriminação que iremos acabar com este sério problema global.


O diretor Guilherme Melles, que trabalha no projeto, disse ao jornal O Globo que a intenção do curta é mostrar o quanto as pessoas podem ser más e o quanto isso tem um impacto que elas nem imaginam.

E mais do que isso, a intenção é humanizar aqueles que estão num lugar que a gente não conhece, mas sobre os quais temos todos os tipos de conceitos prontos: “Todos pensam que já conhecem, sabem os motivos da pessoa estar ali, mas, na realidade, não têm a menor ideia. A ideia é dar um rosto para essa massa cinzenta que ninguém conhece e dar um direito de resposta para eles. Além de expor as pessoas que faz esse tipo de comentário.”

Abaixo você confere a reação dos moradores da Cracolândia aos comentários carregados de preconceito e falta de informação. E fica o pedido – por favor, meça seus comentários:

video




Segue o link do Canal no YouTube e o Blog
Gostaria de adicionar uma sugestão, colabore com o NÃO QUESTIONE

Este Blog tem finalidade informativa. Sendo assim, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX). As imagens contidas nesse blog foram retiradas da Internet. Caso os autores ou detentores dos direitos das mesmas se sintam lesados, favor entrar em contato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário