segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

CHAVES, O PERSONAGEM SÍMBOLO DA AMÉRICA LATINA - COM VÍDEO


Chaves, o personagem símbolo da América Latina

Muitas coisas serão ditas nas próximas horas e nos próximos dias sobre a morte do criador dos personagens Chaves e Chapolim, entre tantos outros.

video

Vão lembrar do lado negativo, as brigas com os demais atores pelos direitos autorais dos personagens, as acusações de que era amigo de líderes narcotraficantes mexicanos, entre outras suspeitas não comprovadas mas que sempre o perseguiram.

Mas também recordarão de um dos programas mais longevos da história da televisão mundial, com quase vinte anos no ar, retransmitido em cem países e mais de cinquenta idiomas diferentes, Um sucesso que também se reproduz no Brasil, até hoje, que já deve ter feito milhões de brasileiros chorarem a sua partida.

Nosso blog faz essa singela homenagem, justamente por isso. Não somente pela grandeza da obra que ele deixa, mas porque entre ela está o fato de ter unido o Brasil ao resto da América Latina (um dos nossos objetivos), ainda que seja num momento de luto.

Se foi o escritor e comediante que fez o menino pobre, frágil e desamparado que vive dentro de um barril ser o herói de todas as crianças pobres, frágeis e desamparadas (e também das amparadas) que vivem nas ruas e nas casas da América Latina.

Roberto Gómez Bolaños, Chespirito.
1929 – 2014

Gostaria de adicionar uma sugestão, colabore com o NÃO QUESTIONE

Este Blog tem finalidade informativa. Sendo assim, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX). As imagens contidas nesse blog foram retiradas da Internet. Caso os autores ou detentores dos direitos das mesmas se sintam lesados, favor entrar em contato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário